Psicossomatização das Doenças PDF Imprimir E-mail
Doenças - Doenças III

Se a Doença caracteriza a falta do perfeito equilíbrio e a unidade plena do espírito, o sintoma físico é a sua expressão.

 

Portanto, tratar somente do sintoma sem considerar o desequilíbrio que o originou, é simplesmente transferir para mais tarde o desarme da vigorosa bomba que está armada e a crescer dentro de nós mesmos, se o tempo decorrido permitir !

Todos os desequilíbrios estão ligados ao espírito, porém os sintomas podem variar a sua etiologia, desde os aspectos cármicos, biológicos e emocionais, dependendo do teor e da intensidade da importância desses desequilíbrios. Geralmente o campo de purificação mais apropriado utilizado pelo espírito, é o de maior possibilidade em ser atendido.

Não nos resta dúvida alguma que os mais notórios desequilíbrios que o homem encarnado deve dar a atenção devida e conseqüente solução, estão ligados à emoção e à dor (Corpo/Mente), porquanto as coisas do espírito ainda nos parecem "coisas do outro mundo".

Por isso neste estudo, falaremos dos aspectos biológicos (corpo) e emocionais (mente) dos sintomas que revelam os desequilíbrios espirituais, onde o leitor já poderá melhor identificar no seu sintoma físico ou emocional, as possíveis necessidades evolutivas do espírito, não necessitando padecer depois de doenças físicas tão sérias como as degenerativas, o câncer, e até as propensões a acidentes, para corrigi-los.

Teoricamente, tanto pela medicina vibracional, quanto pela medicina psicossomática da revolucionária psiquiatria moderna, todo sintoma (doença) é psicossomático, uma vez que mesmo naqueles biologicamente constituídos, fatores emocionais influenciam diretamente, pois todos os processos do corpo estão ligados a vias nervosas e humorais.

São muitos os fatores de somatização dos sintomas, ou " doenças" como são conhecidos.

A seguir alguns dos fatores que podem ser de importância etiológica nas "doenças" que poderão somatizar-se no físico, motivadas por necessidade do espírito em se corrigir. Lembramos que estes fatores referem-se às tendências físico/emocional que o espírito pode ou não lançar mão para a depuração. Como isso é impossível avaliar, nada custa refletir ou estudar, conhecendo ainda mais a constituição do nosso soma que pode ou não se revelar como sintoma. Porém não resolvido, não trabalhado, não identificado e não integrado à unidade do nosso espírito através da compreensão e aceitação, estará sempre ali, pronto para detonar o início de uma doença ou um sintoma, diagnosticado mais tarde pela medicina moderna como " Psicossomatização":
 
Constituição hereditária

Traumas do nascimento

  • Doenças orgânicas da primeira infância, que aumentam a vulnerabilidade de determinados órgãos;
  • Natureza do cuidado da criança na primeira infância (hábitos de desmame, educação esfincteriana, preparativos para o adormecer, etc.)
  • Experiências traumáticas físicas acidentais da primeira infância e das demais fases da infância;
  • Clima emocional da família e traços específicos da personalidade dos pais e dos irmãos;
  • Traumas físicos tardios;
  • Experiências emocionais tardias nas relações pessoais íntimas e nas relações ocupacionais.
 

Males do Cigarro - Rede Globo

RENL

Banner

Colabore

Banner

Galeria de Fotos

Parceiros















RKR Seguros

Churrascaria Meu Cantinho

Nahualkuma

Banner
Copyright © 2012 - Todos os direitos reservados.
Rua: Vereador Arthur Manoel Mariano, 2280 - Forquilhinhas - São José - SC - Brasil - CEP 88.106-500 - Fone: +55 48 3357-0045